Dicas para ter uma carreira rentável no poker a longo prazo

O poker é uma modalidade que cresce cada vez mais no Brasil e no mundo em termos de praticantes, e não apenas por ser um jogo que proporciona muita diversão. Com premiações generosas em torneios online e ao vivo, o esporte da mente pode ser uma boa fonte de renda para quem levar a carreira a sério.

Para se ter uma ideia, só no poker online, jogadores brasileiros faturaram pouco mais de US$ 19 milhões (cerca de R$ 96 milhões na cotação atual) em competições e nos chamados cash games, um recorde para o país. São muitos os jogadores que já superaram a barreira de US$ 1 milhão em prêmios, como Yuri Dzivielevski, Tauan Naves, Bruno Volkmann e outros que brilham nos rankings.

Mas, afinal, o que é preciso para ter uma carreira de poker que traga uma boa rentabilidade a longo prazo? Embora não exista uma fórmula mágica para atingir o sucesso, alguns passos são fundamentais para desempenhar em alto nível por muito tempo e, assim, garantir bons valores em premiações e até viver de poker.

Gerencie sua banca de poker

Um jogador de poker que quer ser rentável a longo prazo precisa ter o mínimo de planejamento financeiro. Ou seja, saber o quanto tem disponível para “investir” e o quanto cada movimento ou escolha pode trazer de retorno. Por isso, aprender alguns conceitos do mundo dos investimentos, como o ROI, pode ser fundamental.

Um bom jogador de poker não é aquele que apenas domina as probabilidades, sabe blefar e tem um pouquinho de sorte: é preciso que toda decisão tomada leve em consideração o tamanho do seu stack e do bankroll, desde a escolha por dar um call até a entrada ou não em determinado torneio ou partida a depender do valor do buy-in.

Por isso, é importante montar uma planilha – ou anotar tudo em um caderno, caso você seja à moda antiga. Porém, de uma forma ou de outra, é mais do que fundamental ter controle sobre cada centavo despendido. Caso contrário, você pode “perder a mão” e começar a ter prejuízo.

Controle o emocional

Entender que o poker é um jogo de ganhos e perdas é fundamental para ter rentabilidade no longo prazo. Isso significa dizer que lidar com as derrotas é tão importante quanto vencer – algo que muitos jogadores teimam em não concordar e acabam entrando no chamado tilt, ou seja, quando o grinder tenta a qualquer custo recuperar um pote perdido e começa a deixar o emocional falar mais alto.

O tilt é justamente uma das razões que leva jogadores à falência. A partir do momento em que a emoção fala mais alto do que a razão na tomada de decisões, a estratégia vai pro espaço e as perdas vêm com frequência.

O mesmo vale para quem ganha bastante e acaba jogando de “salto alto”, com soberba. Ganhar mãos seguidas pode gerar um excesso de confiança que seja prejudicial a longo prazo.

Escolha sua modalidade e concentre esforços nela

Existem diversas vertentes de poker: Texas Hold’em, Omaha, Seven Card Stud, H.O.R.S.E, Razz, etc. Essas, por sua vez, podem ser jogos High Roller, No-Limit, Fixed Limit e Pot Limit. Isso quer dizer que o esporte da mente proporciona diversas modalidades distintas e opções para todos os gostos.

É importante que um bom jogador conheça todos, mas os competidores mais rentáveis, via de regra, preferem focar em uma única vertente. Afinal, jogar tudo de uma vez pode gerar um nó na cabeça, uma vez que as estratégias variam de uma para outra.

Encare como uma profissão

Não adianta achar que vai ficar rico no poker jogando uma ou duas partidas por dia. Os jogadores mais bem-sucedidos passam horas em frente ao computador, muitas vezes em mesas simultâneas. Isso porque eles encaram o poker como uma profissão, e entendem que é preciso gastar boa parte do tempo na modalidade para ter uma boa renda.

Mas cuidado: é preciso um limite pra tudo. Passar 20 horas em frente a uma tela pode até trazer muitos ganhos, mas não é nem um pouco saudável e prejudica sua vida pessoal. O ideal é encontrar um equilíbrio para que o jogo não se torne um grande problema.

Estude sempre

Ser um grande jogador de poker está diretamente ligado ao quanto você compreende do jogo e das situações que ele proporciona, e o caminho para isso não tem nenhum segredo: o estudo. Hoje, com o acesso à internet, aprender sobre estratégia, conceitos matemáticos e outras áreas que auxiliam no poker é muito mais fácil, através de artigos, vídeos, podcasts e até mesmo cursos.

Em outras palavras, não há desculpa para não se aperfeiçoar na modalidade e, a partir daí, começar a ter uma carreira que seja lucrativa. O aprendizado no poker deve ser um processo contínuo, como em qualquer outra área.

Tópicos: